Notícias

Cessação Tabágica

Liliana Portela

O tabaco, para além de conter mais de 40 carcinogéneos conhecidos, contém também nicotina que é a substância responsável pela dependência física do tabaco. Quando os níveis de nicotina no organismo baixam podem surgir sintomas como irritabilidade, ansiedade, insónias e aumento do apetite o que motiva a pessoa a voltar a fumar. A nicotina leva também à estimulação de recetores cerebrais relacionados com o prazer, funcionado como um mecanismo de recompensa que é responsável pela a adição ao tabaco.

Quais são os benefícios de parar de fumar?

Curto/médio prazo:

  • Passadas 8 horas os níveis de monóxido de carbono no sangue baixam e aumentam os níveis de oxigénio;

  • 72h após parar de fumar a capacidade pulmonar melhora com uma melhoria na capacidade respiratória;

  • Melhoria do paladar pelos alimentos;

  • A roupa e casa vão deixar de cheirar a tabaco;

  • Melhoria progressiva da tosse matinal típica dos fumadores;

  • Deixará de ter o hálito de fumador;

  • A sua pele vai ficar muito mais bonita e saudável;

  • A sua energia para as atividades do dia a dia irá melhorar;

  • Poupará muito dinheiro, dinheiro esse que poderá usar noutras atividades que goste.

Médio/Longo prazo:

  • Diminuição do risco de cancro (cancro do pulmão reduz 50% em comparação com os não fumadores ao fim de 10 anos de abstinência), doenças cardiovasculares (menos 50% risco ao fim de 1 ano de abstinência e ao fim de 15 anos o risco é igual ao de um não fumador) e doenças respiratórias crónicas;

  • Melhor saúde oral;

  • Diminuição da probabilidade de infeções respiratórias;

  • Diminuição do risco de morte prematura;

  • Entre muitas outras...

Como fazer para deixar de fumar?

É muito importante que arranje motivação para deixar de fumar, e provavelmente vai precisar do apoio da sua família e amigos. É essencial também que vá tendo consciência das suas rotinas para que seja mais fácil de identificar por exemplo os momentos que lhe dão mais vontade de fumar e assim adotar medidas adaptadas a si.

Para além da dependência física existe uma dependência comportamental. Algumas pessoas nem têm grande dependência física de nicotina mas têm uma grande dependência comportamental, como ter a mão ocupada com o cigarro e fumar socialmente.

Para além das estratégias ao nível do comportamento existem medicamentos muito eficazes que podem ajudar neste processo. Somos todos diferentes e as estratégias de cessação tabágica devem ser adaptadas a cada pessoa. Caso se sinta motivado aconselhamos que agende uma consulta de Cessação Tabágica na USF Descobertas.