Notícias

Atividade Física e Promoção da

Saúde

Valter Filipe Moreira 

A falta de atividade física regular, juntamente com outros estilos de vida não saudáveis, é uma das principais causas de doenças crónicas e mortalidade a nível mundial, traduzindo-se em custos diretos e indiretos de saúde.


A alteração de estilos de vida pode ter uma eficácia semelhante à intervenção farmacológica em várias doenças crónicas e contribui para um melhor bem-estar físico e mental e diminui a mortalidade por todas as causas.

O que é atividade física?
A Organização mundial de Saúde (OMS) define atividade física como qualquer movimento corporal produzido pelos músculos e que requere gasto energético. O conceito de atividade física não deve ser confundido com sedentarismo, exercício físico ou desporto.

Sedentarismo – estilo de vida diário caracterizado por excesso de atividades de baixo gasto de energia (estar sentado ou deitado, ver TV, estar ao computador, etc).
Exercício físico – atividade física planeada, estruturada e repetitiva com um determinado objetivo (perda de peso, melhoria da condição física, hipertrofia muscular).
Desporto – exercício físico estruturado, com regras próprias com o objetivo de competição.

 

É importante tomar medidas quer para combater o sedentarismo, quer para aumentar a prática de exercício físico regular.

Recomendações de atividade e exercício físico segundo a OMS:

  • Adultos até aos 65 anos:

    • Pelo menos 2h30min/semana de exercício físico aeróbico de intensidade moderada (caminhada de passo rápido (5km/h), corrida, cycling, spinning, natação, dança);

    • Exercícios de força muscular que envolvam os principais grupos musculares pelo menos 2x semana – utilização de pesos, peso corporal;

    • Exercícios de flexibilidade (alongamentos) em todas as sessões; 

  • Idosos (>65 anos)

    • Pelo menos 2h30min/semana de exercício físico aeróbico de intensidade moderada (caminhada de passo rápido (5km/h), corrida, cycling, spinning, natação, dança);

    • Exercícios de postura e equilíbrio pelo menos 3x semana (dança, tai chi, pilates, ioga);

    • Exercícios de força muscular que envolvam os principais grupos musculares pelo menos 2x semana – utilização de pesos, peso corporal;

As pessoas com patologias crónicas e que fazem medicamentos beneficiam de um programa mais individualFale com o seu médico!

Tipos de Exercício físico:
•    Exercício aeróbio (treino cardiovascular);
•    Exercícios de Força muscular;
•    Exercícios de Flexibilidade (alongamentos);
•    Treino neuro-motor (Equilíbrio e postura);

Ideias para ser mais ativo no dia-a-dia (combate ao sedentarismo):

  • Andar mais a pé (sair na paragem do autocarro anterior à pretendida; estacionar o carro num local mais longe);

  • Usar as escadas em vez do elevador;

  • Enquanto fala ao telefone, estar em pé ou a andar;

  • Não passar mais de 1h sentado – fazer pausas ativas, levantar-se, ir ao WC;

  • Alterne o trabalho sentado e em pé;